domingo, 16 de maio de 2010

Você entra em casa e em mim
sem saber de todo o mais.

O mais é que existem tardes de domingo,
vícios a me consumir,
sonhos rotos,
desilusão.

O mais é que amar é a pior solidão que já conheci
e a quase morrer estou.