quarta-feira, 19 de março de 2008

Tudo que eu queria era ser inclusa nas suas tarefas domésticas.

Um dia,
ser sua doninha,
uma noite,
ser sua pequena
e levantar cedo
para estar bonita
quando você acordasse.
E então,
Roubar seus olhares mais doces pra mim.

Em Londres,
perto de uma escada
ou entre mendigas molhadas da chuva,
te esperarei.
E nas nossas bodas de jequitibá
enjoarei das tuas sopas de ervilha.

Mas completamente
e infindamente
condenada a ti estou.

segunda-feira, 17 de março de 2008

Não sei por que caminhos andei outrora
para que a lua tenha resolvido me sorrir somente agora.
Não sei por quê andei por caminhos ermos outrora,
mas se a noite me sorri,
ao menos por hora,
perdão recebi.

Então a noite é de glória,
posto que renasci.
E agora desejo a aurora
morna e terna que jamais vi.