quarta-feira, 19 de março de 2008

Tudo que eu queria era ser inclusa nas suas tarefas domésticas.

Um dia,
ser sua doninha,
uma noite,
ser sua pequena
e levantar cedo
para estar bonita
quando você acordasse.
E então,
Roubar seus olhares mais doces pra mim.

Em Londres,
perto de uma escada
ou entre mendigas molhadas da chuva,
te esperarei.
E nas nossas bodas de jequitibá
enjoarei das tuas sopas de ervilha.

Mas completamente
e infindamente
condenada a ti estou.

4 comentários:

josy disse...

Feliz dia 19.

thomaz disse...

como se carecesse de qualquer coisa para você acordar bonita...

yuliana disse...

tá belo pra mais de metro...

Rodrigo disse...

Estou lendo seus poemas, entro regularmente para ver se tem algum novo.