segunda-feira, 4 de dezembro de 2006

sobre a saudade do que não acontece

em tempos hodiernos

vivo em denso vácuo

meus sentidos se excedem

cores tão cores

Vermelho

cheiros tão cheiros

Pimenta Rosa

sons tão sons

vozes interiorizadas

É, o vácuo é deveras denso.

É, há espaço para verbos de ligação.

em que trajetória estarei,

em que velocidade estarei,

quando você, cometa, passar?

passará?

Nenhum comentário: