segunda-feira, 30 de outubro de 2006

Poema da face que ninguém viu...

(Um arremedo drummondiano feminino)

A mulher atrás do decote

é séria, simples e forte.

Quase não conversa.

Tem poucas, raras amigas

A mulher atrás dos óculos e do decote.

Nenhum comentário: